Cinema

A segunda vida da 'Princesa Prometida': onde ver o clássico que passou despercebido em sua estréia e volta ao cinema 30 anos depois

Se, há dois anos, The Princess Bride comemorou o 30º aniversário de sua estreia, julho de 2019 é a hora deste clássico volte para a tela grande.

Um passeio curioso por um filme que, embora tenha conseguido dobrar seu orçamento de bilheteria, não atendeu às expectativas. Lançado em 1987, no mesmo fim de semana que Atração Fatal, o thriller erótico de Michael Douglas e Glenn Close eclipsou o filme de Carl Reiner.

O filme é baseado no livro de 1973 de mesmo nome, escrito por William Goldman, e é muito mais do que a história de dois agricultores que precisam enfrentar um príncipe do mal e outros obstáculos Ser capaz de ficar juntos

O sucesso de A princesa prometida reside nisso, além de seu argumento central antinatural, falar sobre a arte de contar histórias. Lembre-se, para quem já viu e para quem não viu, que a trama se desenrola no âmbito de um avô que lê para seu neto, anexado ao console de vídeo, um livro antes de dormir.

Também retrata vários tipos de amor além do romântico, como o do vovô, para um neto ou uma amizade incondicional. Não esquecendo de transmitir outros valores como lealdade ou valor.

A jornalista Hadley Freeman, em seu livro Época da minha vidaEle o descreve como "um conto de fadas para quem gosta de contos de fadas, mas também uma auto-paródia para quem não gosta. enredo para crianças, diálogos para adultos e piadas para todos".

Dessa forma, após uma passagem modesta pelos cinemas, tornou-se o filme cult que é hoje graças ao VHS e agora ele volta aos cinemas por alguns dias para continuar transmitindo seu legado às novas gerações.

Estes são os cinemas em que ainda pode ser visto.

Madrid

  • Metropol Artístico: 17 de julho às 16h15
  • Cinema Cibeles: 20 de julho às 22:00
  • Palafox Cinemas: 25 de julho às 20:30

Barcelona

  • Balmes Multicines: 17 de julho às 20h10
  • Experiência: 17 de julho às 18:00

San Cristobal de La Laguna (Tenerife)

  • Multiplexes em Tenerife: 17 de julho às 18:30

Vigo

  • Multiplexos do norte: 18 de julho às 20h10 e 22h30

O tempo da minha vida: um ensaio sobre como o cinema dos anos 80 nos ensinou a ser mais corajosos, mais feministas e mais humanos.

Hoje na Amazon por € 18,90