Santa Maria recebeu a Jornada de Estudos Estratégicos

Exército, Indústria e Academia. Fazer com que a Triple Hélice seja desenvolvida na área de Defesa é um dos interesses da região do Polo de Defesa e Segurança.

Foi com esta referencia que a Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) realizou na última sexta-feira (16), no Santa Maria Tecnoparque, a Jornada de Estudos Estratégicos e a Força Terrestre Componente em Operações. A atividade trouxe a Santa Maria 115 alunos do Curso de Comando e Estado-Maior do Exército (CCEM) para a realização do Painel Temático de Indústria de Defesa.

eceme-7O evento propõe discussões de Política, Geopolítica, Relações Internacionais e Estratégia, além de visitas as regiões do país. Neste ano, a turma do 2º ano visitou Santa Maria com a proposta de compreender a visão deste setor econômico estratégico, sob o ponto de vista da “tríplice hélice” através do APL, da 3ª DE e da UFSM.

A Primeira apresentação foi realizada pelo gestor do APL, Diogo De Gregori sobre o Polo de Defesa e Segurança de Santa Maria e a Agencia de Desenvolvimento de Santa Maria – ADESM, os setores de defesa e segurança pública como vetores de competitividade regional.

eceme-10Na sequência deu-se a apresentação do professor Igor Castellano do Curso de Relações Internacionais da UFSM. Castellano, que também é o coordenador do Grupo de Estudos em Capacidade Estatal, Segurança e Defesa abordou o papel da Universidade na dinamização da Tríplice Hélice e sobre como iniciativas existentes na Universidade Federal de Santa Maria têm contribuído para este papel em Santa Maria.

O terceiro painelista foi o Coronel André PORTELA, Chefe do Escritório de Projetos da 3ª Divisão e Exército, que expos a “Visão da 3ª DE sobre a Indústria de Defesa”. Segundo Cel Portela, é preciso desenvolver um trabalho focado na consolidação de uma base mínima de empresas e na apresentação de resultados positivos que sirvam de estímulo e incentivo para novas e atuais empresas do polo.

eceme-16

O evento encerrou com um debate sobre estudos estratégicos e Indústria de Defesa, sendo enriquecido pelas colocações do TC TÚLIO Endres da Silva Gomes, Instrutor da ECEME, sobre Política Nacional de Defesa. “Esta viagem visa que nossos discentes pensem estrategicamente, ou seja, pensem lá na frente quais são as ações estratégicas e seus impactos em Segurança e Defesa, para atingir os objetivos a longo prazo de uma forma integrada”, concluiu o instrutor.

ECEME

eceme-17O Curso de Comando e Estado-Maior do Exército visa a preparar os futuros chefes militares e assessores de alto nível do Exército, habilitando os oficiais à promoção ao posto de oficial-general. A Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) possui um Programa de Pós-Graduação em Ciências Militares (PPGCM), onde o ingresso ocorre por meio de seleção institucional e intelectual, com questões complexas de análise de história e geopolítica.

Texto e Foto: Aline Zuse (Jornalista/MTb 17.256)

eceme-5